sábado, 21 de fevereiro de 2009

POLÍCIA FEDERAL INVADE RÁDIO MUDA

Por volta das 05hs da manhã da quinta-feira passada(19/02),a PF ,em uma ação totalmente ilegal,invadiu e sequestrou os equipamentos da Rádio Muda FM Livre de Campinas.

A Voz do Morro se solidariza com os companheiros e denuncia a arbitrariedade.

Segue abaixo o manifesto dos comunicadores da Muda.

Manifesto

Rádio Muda 3 X 1 PF+Anatel

"Nao temos nada a perder. Temos tudo."

Sun Tzu

Os Piratas nos atacaram.Sequestraram nosso timoneiro DJ Computer.Hoje, dia 19/02/2009, às 5 da manhã, doze Piratas Federais (PF)saquearam todos os equipamentos do estúdio da Rádio Muda, rádio livre quefunciona há mais de 20 anos em Barão Geraldo, Campinas-SP.Em uma ação decorrente da "Operação Silêncio", que fechou diversasrádios em todo o país, um bando de 14 homens, 12 agentesfederais, 2 chaveiros (um para segurar a chave e outro para rodar?),liderados por um delegado, tomaram de assalto o estúdio a mando da juízasubstituta Fernanda Soraia Pacheco Costa. Vandalizaram o estúdio, rasgaramcartazes e confiscaram todos os equipamentos.

Nao havia nenhum mudeiro no momento da ação sórdida.A Rádio Muda é uma rádio que não é ilegal, nem legal, é uma rádio livre,pois, assim como inúmeras outras, não possui fins comerciais, nãopratica proselitismo religioso nem político partidário, e atua demaneira integrada a sua vizinhança, estabelecendo uma relação dereciprocidade através da qual quem ouve, pode falar, ou seja, todoouvinte é um emissor em potencial. Espalhadas pelo Brasil e pelo mundo,essas rádios baseiam-se na legitimidade que suas comunidades evizinhanças lhe conferem. Atua com baixa potência e atinge apenas umapequena região da cidade de Campinas. Ao invés da legalidade exigida porleis estatais que legitimam um sistema corrupto e viciado de concessãode radiodifusão, a legitimidade deste tipo de prática deve ser protegidacomo liberdade de expressão e organização local.

Qual é o papel da radiodifusão hoje?As rádios comerciais, consideradas legais, integram o territórionacional a partir de interesses comerciaise culturais homogeneizantes. As rádios livres, consideradas ilegais,permitem que a pluralidade cultural sejalivremente expressa. Tudo aquilo que não encontraespaço na lucrativa e monopolizada mídia comercial tem a possibilidadede vazão nos meios geridos pela própria população.Mundialmente a mídia é controlada por 10 conglomerados. 40 empresas estãoligadas direta ou indiretamente a eles. No Brasil, 90% da mídia écontrolada por 13 famílias. Em Campinas, a RAC (Rede Anhanguera deComunicação) controla os principais meios de comunicação da cidade eregião.Centenas de rádios não comerciais espalhadas pelo Brasil e pelo mundoatuam no sentido contrário a essa situação de monopólio, reafirmando acapacidade de toda e qualquer pessoa de produzir informação.

Rádio Livre derruba avião?Um dos principais argumentos contra às rádios livres e de baixa potênciaé que constituem séria ameaça para tráfego aéreo e a comunicação deemergência. Porém, nunca um acidente aéreo foi causado por este tipo deradiodifusão. Aliás, se fosse fácil assim, com umas mil rádioscomunitárias, Sadam teria vencido a invasão de Bush no Iraque.... seráque ele não pensou nisso, ou será que esta informação "técnica" não fazo menor sentido?Pra quem não sabe, aviões operam em uma frequência de rádio acima dafaixa de frequência das rádio FM. Para que uma rádio FM interfira nastransmissões aéreas de rádio, é necessário primeiro que o transmissoresteja desregulado e sem filtros. Hoje em dia, é muito comum o uso detransmissores que possuem filtros de harmônicos e filtros passa-faixa, quemesmo não sendo homologado pela Anatel, está dentro da máscara detransmissão da norma brasileira de radiodifusão, ou seja, que passou porum teste técnico no qual um analisador de espectro comprova que fora dafrequência de transmissão o sinal é fortemente atenuado, o que comprova suaa precisão e a capacidade de não interferência de um transmissor. Osegundo fator é a potência do transmissor.A prática mostra que as rádios livre funcionam com transmissores de baixapotência (potências altas significam custos altos). Comparados aostransmissores das rádios comerciais, com potências gigantes, nãorepresentam perigo de interferência nas comunicações aéreas, mesmo com umtransmissor não perfeitamente construído. Quem tem quecuidar da aferição dos seus transmissores potentes são as grandes rádioscomerciais, que apresentam altos riscos de interferência na comunicaçãoaérea!

Piratas?Piratas são as rádios comerciais que querem o ouro!Não estamos atrás do lucro.Livre?O sistema de leis estatais prevê que a organização e concessão do direitode uso para as frequências de rádio seja realizado por um grupo depessoas restrito- técnicos, especialistas, políticos e grupos econômicos.A comunicação livre não reconhece o governo como única entidade capaz deelaborar leis e regras relativas ao funcionamento dos meios decomunicação.Propomos, através da prática, a apropriação e utilização de qualquer meiode comunicação e tecnologia.Todas as tecnologias são e deveriam ser consideradas bens universaisdestinadas ao desenvolvimento humano, sua inteligência, afeto ecomunicação.O conhecimento não pode ser aprisionado por leis medíocres que se baseiamem interesses mesquinhos de grupos políticos e econômicos ou mesmo de leisque não comportam a capacidade da população de produzir suas própriasinformações, a partir de meios de comunicação geridos coletivamente.Comunicação se realiza diariamente, nos momentos mais cotidianos. Ampliar essacomunicação de uma pessoa ou grupo através de meios tecnológicos é umapossibilidade e prática que amplia a democracia e a capacidade das pessoas de secomunicarem entre si: falando, ouvindo, produzindo e questionando.A comunicação está em todos nós, muito antes de existirem governos e leisque a regulamentassem: livre, intrínseca, potente e transformadora.Conclamamos todos e todas a produzirem mais e mais meios de comunicação.Não precisamos nos submeter ao monopólio!Nesse carnaval, sintonize-se, atue: ações pela mídia livre espalhadas peloterritório.Organize próprias ações!

A Muda não se cala!!! Voltaremos a transmitir em breve!!

Um comentário:

Andre de jesus disse...

Estamosno Ar e vamos Ler Manifesto para que todaa Comuniadde tenha o conhecimento desses Fatos, ocorrido ai em Campinas nos aqui daRádio cOMUNITÁRIA qUILOMBO fM. tTAMBÉMSOMOS SOLEDARIOS.
bOA lUTA pARA nOS